Noites Cafajestes à venda

Noites Cafajestes está de novo à venda, agora no site da Amazon Brasil: clique no link abaixo, e digite o nome do livro na pesquisa loja kindle, no alto da página.
Um verdadeiro guia de comportamento e sabedoria canalhas e cafajestes por R$6,00.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Instantâneos da cidade - IV


Um momento de uma noitada, em um bar, sobre o qual não darei pistas - a própria imagem já informa demais! - em que um seleto grupo celebrava a obra de um dos maiores artistas que já passou por este país e por este mundo podres (também não darei nome); um ajuntamento de pessoas que celebrava essa obra, a vida, a bebida, o companheirismo, o simples fato de estarmos vivos, no meio de uma semana, desprezando totalmente o fato de ser o tal  meio da semana, que o dia seguinte era 'dia de batente', todos negando e mandando se foder o mundo normal das rastejantes pessoas normais.
 
Saudações canalhas e cafajestes 

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Postagem fútil, inútil mas muito sincera, exalando vida, alegria e canalhice


Madame Satã forever!!!




Sim, postagem repetida, e será repetida toda as vezes que este lugar mitológico nos receber de braços abertos e alegrar nossas pobres vidas!

E não peçam explicações!

Saudações canalhas e cafajestes

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Last Saturday Night Feeling

A vida, sua continuidade; a alegria de  saber que está fazendo o correto no aspecto mais importante de sua existência; o heavy metal, a arte, a vida e o reino e o tempo em que todos se misturam e fortalecem um ao outro; a felicidade que não pode ser expressa por meras palavras.

Como sempre e como  nunca, não peçam explicações, inclusive porque esse grupo e esta música!



quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Instantâneos da cidade - III






Sim, a imagem não possui nenhuma relação direta e clara com a temática quase absoluta do blog; porém, considerando que estes adesivos foram colados na fachada da sede de um grande banco da Avenida Paulista, que registrei a imagem em plena madrugada e principalmente, sendo este escriba um libertário-progressista defensor intransigente da evolução do espírito humano e sendo os livros um dos principais meios para esta, nada mais justo que esta bela imagem figurar na série(que parece, engrenou, essa vai!)
Saudações canalhas e cafajestes


quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Descobertas feitas em mesas de bar e registradas em guardanapos - XCVII

"Se quiser acabar de vez com sua vida de maneira rápida e indolor, cometa suicídio; se quiser fazer o mesmo de modo lento e doloroso, case-se."

Este escriba, bêbado mas lúcido durante uma madrugada qualquer em um bar qualquer.

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Homens e mulheres são todos iguais...quando gostam de mulheres


Os abnegados leitores desta tranqueira lembram de uma postagem recente,  sobre uma minha conhecida mais ou menos amiga, lésbica assumida, redatora e comunicadora como este sujeitinho? Pois então, nos trombamos recentemente em uma redação qualquer, chamados para preparar uma edição de uma revista imbecil qualquer (o que se faz para poder bancar cerveja, pizza e noitadas...). Conversa vai e vem durante a elaboração das matérias, da pauta, etc, passamos a lamentar a morte precoce e injusta de André Mattos, o maior cantor de heavy metal que este país jeca já teve ou terá. Ela estava ainda mais desconsolada que eu, fã ardorosa da obra do vocalista. Eis que ela saca o celular e mostra uma homenagem a ele feita por duas expoentes e musas do heavy metal brasileiro, mas no caso do dito metal extremo: uma versão de Nothing to Say cantada por Fernanda Lira(Nervosa) e May Puertas (Torture Squad). Ela pôs a versão para tocar e após ouvirmos com toda atenção, ela afirmou que nunca gostou de metal extremo, o estilo de vocal das moças em questão não a agrada, mas completou, com os olhinhos fixos nas duas musas, brilhando de desejo, que achou aquela versão 'bem legal!".
Não me contive, ri alto e disparei: 'X', deixa disso, você gostou da versão não porque te agradou, e sim porque são duas lindas e gostosas mulheres cantando! Se topasse com elas, para fazer um agrado você diria que a versão é genial, maravilhosa, diria qualquer coisa para conseguir chupá-las todinhas!!
Minha conhecida arregalou os olhos, fez cara de indignação, depois enrubesceu e  voltou ao trabalho.
Qual a moral dessas historinha, caros leitores? Ora, que se uma pessoa gosta de mulheres (seja essa pessoa um homem ou outra mulher), fala qualquer mentira ou bobagem, faz os elogios mais falsos para conquistar os favores da mulher desejada, que mulher que gosta de mulher não difere demais de nós canalhas mulherengos!!!

Saudações canalhas e cafajestes

O vídeo:


quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Instantâneos da Cidade - II

 

Sim, caros leitores. Segunda postagem da nova série logo após a estreia, por razões simples e fortes: primeiro, a imagem é registro de um cartaz que descobri colado em uma parede de um dos últimos bares da rua Angústia que preservam o espírito 'das antigas' da rua (que preservam aquele ar de decadência atraente a notívagos fuleiros como este escriba na decoração, no aspecto suspeito dos salgados vendidos, na limpeza deficiente, na atmosfera exalando de leve um certo perigo latente...). Esse bar (não revelarei o nome de modo algum, se o abnegado leitor conhece bem a rua, já sabe qual é o ilustre estabelecimento) é uma revigorante lufada de ar esfumaçado e rançoso em meio aos anódinos e detestáveis hipsterismo e gentrificação que estão descaracterizando a rua; claramente, trata-se de alguma espécie de gincana noturna etílica, sobre a qual desconheço qualquer dado adicional. Quem porventura souber mais, cartas(mensagens para o e-mail ou nos comentários) à redação desta tranqueira.     
A segunda razão está implícita na primeira: um objeto/evento como esse, perdido nesse local, sem dúvida é um instantâneo da cidade, do Centro e da noite de São Paulo que merece ser registrada aqui o quanto antes e assim estimular o proprietário do blog a manter seu olhar atento ao que essa cidade tem de inusitado e interessante e dar continuidade à nova série interna do site.

Saudações canalhas e cafajestes